F1 – Verstappen vence e Hamilton é pentacampeão mundial no México

Lewis Hamilton

Lewis Hamilton conquistou seu quinto título mundial na Fórmula 1 apesar de não ter subido ao pódio no GP do México, que foi vencido por Max Verstappen.

O pole Daniel Ricciardo foi superado por seu companheiro de equipe Verstappen e Hamilton na largada; o holandês ficou lado a lado com o britânico e assumiu a liderança.

Verstappen seguiu tranquilo rumo a uma vitória dominante, à frente das Ferraris de Sebastian Vettel e Kimi Raikkonen. Hamilton caiu para quarto na bandeira quadriculada, o que foi suficiente para lhe garantir o campeonato com duas provas de antecipação.

Vettel largou em quarto e caiu brevemente para quinto quando o companheiro de Hamilton na Mercedes, Valtteri Bottas, o ultrapassou na curva 1, mas o alemão da Ferrari deu o troco agressivamente nas curvas 4 e 5.

Hamilton tentou acompanhar Verstappen no primeiro stint, mas gradualmente perdeu terreno e começou a ser pressionado por Ricciardo. Ele se manteve em segundo até fazer seu pit-stop na volta 11.

Ricciardo parou na passagem seguinte, enquanto Verstappen deu uma volta a mais. As posições se mantiveram inalteradas, e com o holandês parecendo intocável na frente, Ricciardo mais uma vez se aproximou de Hamilton.

Vettel fez um primeiro stint mais longo e também alcançou Ricciardo; na volta 34, ele fez uma excelente ultrapassagem por dentro sobre seu ex-companheiro de equipe na freada da curva 1. Vettel estava quatro segundos atrás de Hamilton naquele momento, mas encostou rapidamente porque a Mercedes enfrentava dificuldades com os pneus.

Cinco voltas depois de passar Ricciardo, Vettel deixou Hamilton para trás no mesmo ponto quando o britânico tentou se defender, travou as rodas e deu um passeio pela grama. A Mercedes chamou Hamilton para os pits na mesma volta. Bottas seguiu o exemplo após perder a sexta posição para Raikkonen em um incidente idêntico na curva 1.

A disputa pela vitória ficou entre a Red Bull e Vettel; a Ferrari foi agressiva e chamou seu principal piloto para colocar um jogo novo de ultramacios. Isso o deixou a menos de 10 segundos de Verstappen quando o eventual vencedor parou para colocar os supermacios, mas Ricciardo continuou na pista, à frente de Vettel.

A tática frustrou a tentativa de Vettel alcançar Verstappen, já que Ricciardo manteve um bom ritmo e o alemão não parecia capaz de se aproximar o suficiente para atacar. Entretanto, a 10 voltas do final, Ricciardo abandonou pela oitava vez na temporada devido a mais uma quebra de seu motor Renault.

Verstappen perguntou à Red Bull se ele precisava se preocupar ou poupar o motor, mas o holandês seguiu sem problemas até a bandeira quadriculada para conquistar sua segunda vitória na temporada.

Vettel e Raikkonen completaram o pódio, com Hamilton em quarto e frustrado com a falta de velocidade da Mercedes em relação aos rivais. Bottas fechou os cinco primeiros, uma volta atrás depois de fazer três pit-stops.

Nico Hulkenberg (Renault) foi o sexto pela segunda corrida consecutiva, assegurando novamente as honras de melhor do resto. Ele executou bem a estratégia de uma parada para se manter confortavelmente à frente de Charles Leclerc (Sauber).

Stoffel Vandoorne (McLaren) terminou em oitavo, encerrando um jejum de 14 provas sem pontuar. O belga havia chegado entre os 10 primeiros pela última vez no Azerbaijão em abril.

Marcus Ericsson garantiu uma chegada dupla nos pontos para a Sauber, o que deixou a equipe suíça à frente da Toro Rosso em oitavo no campeonato de construtores, apesar de Pierre Gasly ter marcado um ponto com o 10º lugar.

Classificação da prova:

Pos. Piloto Equipe Voltas Tempo/dif.
1 Max Verstappen Red Bull/Renault 71 1h38m28.851s
2 Sebastian Vettel Ferrari 71 17.316s
3 Kimi Raikkonen Ferrari 71 49.914s
4 Lewis Hamilton Mercedes 71 1m18.738s
5 Valtteri Bottas Mercedes 70 1 volta
6 Nico Hulkenberg Renault 69 2 voltas
7 Charles Leclerc Sauber/Ferrari 69 2 voltas
8 Stoffel Vandoorne McLaren/Renault 69 2 voltas
9 Marcus Ericsson Sauber/Ferrari 69 2 voltas
10 Pierre Gasly Toro Rosso/Honda 69 2 voltas
11 Esteban Ocon Force India/Mercedes 69 2 voltas
12 Brendon Hartley Toro Rosso/Honda 69 2 voltas
13 Lance Stroll Williams/Mercedes 69 2 voltas
14 Sergey Sirotkin Williams/Mercedes 69 2 voltas
15 Kevin Magnussen Haas/Ferrari 69 2 voltas
16 Romain Grosjean Haas/Ferrari 68 3 voltas
17 Daniel Ricciardo Red Bull/Renault 61 abandono
18 Sergio Perez Force India/Mercedes 38 abandono
19 Carlos Sainz Renault 28 abandono
20 Fernando Alonso McLaren/Renault 3 abandono

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.