F1 – Verstappen: Sou mais parecido com Vettel do que com Hamilton

Max Verstappen e Lewis Hamilton

Max Verstappen sente que está mais alinhado com Sebastian Vettel do que com Lewis Hamilton, quando se trata de oferecer aos fãs um vislumbre de sua vida longe das pistas de corrida.

Embora Verstappen seja uma presença regular nas redes sociais, com mais de quatro milhões de seguidores em múltiplas plataformas, poucos posts giram em torno de outros tópicos além de corridas.

Hamilton, com mais de 22 milhões de seguidores no Instagram, Twitter e Facebook, compartilha regularmente trechos de sua vida cotidiana e opiniões sobre assuntos mundiais, ajudando a fazer crescer sua marca pessoal na força global que é hoje.

Isso está em forte contraste com Sebastian Vettel, que nunca fez uma contagem de mídias sociais e evita regularmente perguntas particulares. A vida privada do alemão é tão bem guardada que ele conseguiu se casar entre os GPs do Canadá e da França deste ano, com o fato sendo pouco conhecido até ele chegar ao paddock de Paul Ricard usando uma aliança de casamento.

Embora seja improvável que ele se retire das plataformas online, Verstappen admira o compromisso de Vettel com a privacidade. “Lewis é de uma geração diferente”, disse Verstappen ao jornal De Telegraaf.

“É assim que eu sou. Acho que me inclino mais para o lado Vettel do que, digamos, para o lado Lewis. Sou cada vez mais experiente no que tenho ou não tenho a dizer sobre a minha vida privada”, explicou.

“Cada um faz suas próprias escolhas. Lewis também é de outra geração. Não o vejo entrar em um simulador tão rapidamente quanto chega em casa”, opinou o piloto da Red Bull.

Verstappen corre online, muitas vezes contra Lando Norris da McLaren, sempre que a chance surge, mas ele diz que corridas extracurriculares são algo que tem sido uma constante em sua vida.

“Ainda me lembro do meu tempo nos karts”, comentou ele. “Naquela altura eu tinha um fim de semana de corridas ocupado, mas mesmo assim íamos ao indoor ou ao aluguel de karts à noite. Só para ser um pouco louco”.

“Isso não é diferente de agora com o sim-racing. Certamente que no treino também se pode brincar e lutar uns com os outros. Na Fórmula 1, as diferenças nos carros são, naturalmente, maiores do que lá”, concluiu o holandês.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.