F1 – Verstappen: Hamilton mostrou a vantagem real da Mercedes

Max Verstappen e Lewis Hamilton

Max Verstappen acredita que o ataque final de Lewis Hamilton para vencer o GP da Hungria mostrou “quanta margem” a Mercedes tem sobre o resto do grid da Fórmula 1.

“Acho que você pode ver quanta margem eles ainda têm quando realmente precisam forçar”, declarou Verstappen na conferência de imprensa após a corrida. “Hoje, Lewis também estava inspirado, mas quando ele precisou andar rápido, você pôde ver que aquele carro ainda é o dominante”.

“É simples assim. Em algumas provas, talvez não seja necessário (andar em velocidade máxima). É claro, eles tiveram seus problemas de superaquecimento na Áustria e não puderam forçar. Em Hockenheim, as condições também foram traiçoeiras, então você não pode pilotar no limite do carro”.

“Porém, hoje aqui creio que eles tiveram de acelerar ao máximo porque eu também estava forçando tudo o que podia, e ficou bem claro para todos do que eles são capazes como equipe”.

Apesar de ter liderado a maior parte da prova, Verstappen afirmou que ser ultrapassado por Hamilton no final não foi um grande golpe, pois ele sabia que a Red Bull não tinha “velocidade suficiente”.

“É claro que em certo ponto eu comecei a ficar sem pneus, tentando acompanhar o ritmo de Lewis com aqueles pneus médios e manter a diferença em mais de um segundo – é quase impossível”, acrescentou ele. “Fiquei sem pneus, e é claro que você percebe o que vai ocorrer, então não foi uma grande decepção para mim quando ele me passou porque é algo normal de acontecer”.

“Mas precisamos ser realistas – ele foi claramente mais veloz hoje. Eu sempre tive um pouco mais de dificuldades de aderência, ele conseguia manter a pressão, e é claro que você pode arriscar duas paradas quando está em segundo. Para mim, o importante era tentar cobri-lo para ficar à frente, mas com dois pit-stops, na pior das hipóteses você continua em segundo, e na melhor me ultrapassa”.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.