F1 – Vento ajudou a McLaren hoje, mas deverá prejudicar na corrida

McLaren

Lando Norris e Carlos Sainz Jr. disseram que a direção do vento os ajudou na classificação, mas acreditam que isso funcionará contra eles na corrida de amanhã.

Os dois pilotos da McLaren formam a quarta fila do grid. Lando Norris, que surpreendeu ao definir o tempo total mais rápido do Q1, disse que as condições da pista jogaram a seu favor.

“O vento nos favoreceu um pouco mais hoje, o que é bom e mau ao mesmo tempo”, disse ele. “Bom porque aproveitamos e temos uma posição forte para amanhã. Mas a questão é que amanhã o vento (voltará) ao que era ontem. Por isso vai ser uma corrida um pouco mais complicada do que foi hoje”.

“Mas sétimo e oitavo é o melhor que podemos fazer. Só tinha um conjunto de pneus no Q3 e todos os outros à minha frente tinham dois conjuntos. Podia ter melhorado se tivesse tido outra oportunidade, mas acho que não podia ter feito muito melhor e estou contente”, completou.

Sainz diz que ficou surpreendido por ter feito uma segunda abaixo de 1min33s. “Estou muito contente”, declarou ele. “As duas voltas no Q3 foram fantásticas”.

“De repente, encontrei uns dois ou três décimos a mais em mim e no carro que não esperava estarem lá. Então, descer para 1min32s, 1min32s8, foi muito bom”, prosseguiu.

No entanto, ele também admitiu que o vento deverá tornar a corrida mais difícil para a McLaren. A equipe não conseguiu pontuar na última jornada depois de também se classificar na quarta fila do grid.

“Hoje o carro foi muito bom de conduzir com esta direção de vento do norte, o carro liga por alguma razão que ainda não compreendemos. Amanhã o vento vai mudar para como estava no TL2, isso terá um grande efeito sobre nós, por isso vamos descer de cabeça, analisar e garantir que não aconteça como no México”, finalizou Sainz.

Clique AQUI para apostar no GP dos EUA

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.