F1 – Utilização atualizada dos motores até o GP da Hungria

Acima temos a tabela de Petr Hlawiczka mostrando quantos componentes da unidade de potência (UP) cada piloto já usou nesta temporada de 2019, até depois do GP da Hungria

ICE: Motor de Combustão Interna
TC: Turbo Compressor
MGU-H: Unidade Geradora de Calor
MGU-K: Unidade Geradora de Energia Cinética
ES: Armazenamento de Energia – Bateria
CE: Controle Eletrônico

A quantidade de elementos da unidade de potência que cada piloto pode usar durante a temporada de 2019 é assim limitada:
3 unidades ICE
3 TC
3 MGU-H
2 MGU-K
2 ES
2 CE

Os pilotos mais “tranquilos” são Lewis Hamilton, Sergio Perez e Robert Kubica. Eles ainda podem trocar qualquer elemento de suas UPs Mercedes – exceto o MGU-K sem sofrerem punição.

Dentre os que usam UP Ferrari, a pior situação é de Kimi Raikkonen, que está no limite máximo permitido de todos os componentes, portanto será punido na próxima troca de qualquer elemento de sua UP. Antonio Giovinazzi já foi punido por trocar 3 vezes a CE, mas ele e os outros pilotos com UP Ferrari – com exceção de Raikkonen – ainda podem trocar o ICE, TC e o MHU-H sem sofrerem punições de grid.

Todos os pilotos da Honda estão no limite de todos os componentes. Os da Red Bull serão punidos na próxima troca de qualquer componente. E os da Toro Rosso já estouraram o limite de vários componentes, já foram punidos e serão novamente quando trocarem algum elemento da UP nas próximas corridas.

A situação dos pilotos com UP Renault é a pior. Todos eles já foram punidos por estourarem o limite em um ou mais componentes da UP e serão novamente quando trocarem qualquer outro elemento em alguma das nove corridas ainda restantes desta temporada de 2019.

AS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.