F1 – Todt: As pessoas não “percebem como é difícil alcançar” o sucesso da Mercedes

Jean Todt

O presidente da FIA, Jean Todt, disse que as pessoas não percebem “como é difícil alcançar” o nível de sucesso que a Mercedes teve nos últimos seis anos contra Ferrari e Red Bull, comparando-o ao sucesso da Scuderia quando ele era chefe da equipe.

Em 2019, a Mercedes conquistou o seu sexto título consecutivo de construtores e pilotos, tendo dominado a Fórmula 1 desde a introdução da era híbrida, em 2014.

Todt, que liderou a equipe Ferrari no início dos anos 2000, conquistando seis títulos consecutivos de construtores entre 1999 e 2004, incluindo cinco títulos de pilotos, disse que isso trouxe de volta algumas lembranças.

“É incrível”, disse ele, conforme citado pelo site RACER.com. “Acho que as pessoas não percebem como é difícil conseguir isso. Fazer isso seis anos seguidos é notável, especialmente quando se tem outras equipes como a Ferrari, Red Bull – agora com a Honda – e grandes pilotos”.

“Tenho todo o respeito e isso me faz ter algumas recordações. Mesmo que eu tenha que admitir que eles fizeram melhor – seis e seis, nós fizemos seis e cinco – e com uma forte competição”, comentou o francês

Os primeiros anos da era híbrida viram a Mercedes bem na frente, em comparação com as suas concorrentes. Mas Ferrari e Red Bull ganharam terreno, tornando-as concorrentes nos últimos anos, mas elas ainda não conseguiram igualar o nível de desempenho de forma consistente ao longo da temporada com as Flechas de Prata.

“Sinto que o campeonato foi muito difícil para eles, muito mais do que pode parecer”, declarou Todt sobre a Mercedes em 2019.

“Mas simplesmente é uma combinação: você deve ter um grande piloto, um grande carro e uma grande equipe, porque é muito competitivo. Se não tiver esses três juntos, não pode funcionar”, concluiu o presidente da FIA.

Clique AQUI para fazer suas apostas esportivas

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.