F1 – Tempos sombrios para Sebastian Vettel

Vettel rodando na Ascari

Em mais um dia em que uma nova estrela da Ferrari brilhou intensamente, Sebastian Vettel produziu seu pior desempenho em eras. O tetracampeão rodou por conta própria na chicane Ascari na sexta volta e voltou à pista perigosamente, como faria um piloto sem experiência de corrida e bateu de leve em Lance Stroll. O alemão foi penalizado e teve uma corrida solitária para terminar em P13.

Vettel está tendo uma temporada terrível cometendo inúmeros erros e tem sido derrotado sistematicamente por Leclerc, tanto nas classificações quanto nas corridas.

E neste domingo, foi a passagem proverbial do bastão de Vettel para Leclerc, quando este avançou à frente de seu ilustre companheiro de equipe na tabela por 182 a 169.

Sebastian Vettel está atualmente em um “momento sombrio” de sua carreira na Formula 1, ao testemunhar o jovem companheiro de equipe Charles Leclerc tomando um lugar que era seu na Ferrari.

Hoje na corrida, logo após tomar uma ultrapassagem de Nico Hulkenberg, Vettel se recuperou para voltar ao grupo dos primeiros, onde tentaria dividir os dois pilotos da Mercedes.

No entanto, depois de uma rodada sozinho de 360 ​​graus, ele rapidamente tentou voltar à pista de maneira afobada, guiando direto no caminho de Lance Stroll.

Vettel recebeu uma punição de stop and go de 10 segundos pela manobra desastrada, da qual ele nunca se recuperou.

Já faz mais de um ano desde que ele venceu uma corrida. E durante esse tempo, tudo o que ele colecionou são erros seguidos em disputas roda a roda e até sozinho, como foi o caso de hoje em Monza. Pior, esses erros começaram em 2017, portanto são três anos errando seguidamente em situações que um campeão simplesmente não pode errar.

Pior ainda? Essa vitória de hoje de Leclerc colocou o piloto monegasco à frente dele na tabela do campeonato de 2019, mesmo com Vettel sendo priorizado pela Ferrari em toda a primeira parte da temporada.

Um que está perdido na avaliação de Vettel é o ex-campeão mundial Rosberg, que não consegue explicar a curva descendente de Vettel.

“Vettel é inexplicável para mim, não sei explicar”, disse o ex-piloto da Mercedes à Sky Sports.

“Ele é quatro vezes campeão mundial, ele é um dos melhores caras do mundo e comete um erro como esse, por conta própria, apenas rodar o carro desse jeito em uma curva é muito estranho.”

“Deve estar muito escuro para ele nesse momento. Seu companheiro de equipe acabou de se tornar uma lenda da Ferrari e tirou o status de número um da equipe dele.”

Rosberg acredita, no entanto, que o tetracampeão mundial tem força mental para se recuperar de sua série podre de resultados.

“Vettel é um daqueles caras que tem muita autoconfiança”, ele insistiu.

“Isso vai ajudá-lo. E a F1 é tão curta, basta uma corrida realmente poderosa, então não devemos descartá-lo, porque ele pode voltar muito rápido.”

AS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.