F1 – Steiner: Problema da Haas é maior do que um carro lento

Gunther Steiner

Gunther Steiner, chefe da Haas, acredita que seria mais fácil para sua equipe resolver seus problemas se tivesse um carro mais lento.

Apesar de estar entre as favoritas para liderar o pelotão intermediário no início de 2019 e de ter o quinto carro mais rápido em termos de velocidade pura, a Haas vem enfrentando uma temporada difícil até agora, sem compreender como o VF-19 usa seus pneus.

Steiner, que chamou o carro de “o mais estranho” com o qual já trabalhou, admitiu que encontrar soluções tem sido mais complicado do que seria se o monoposto nunca fosse competitivo.

“Nós temos muito trabalho a fazer e sabemos que precisamos aprender a gerenciar melhor o carro e os pneus no restante da temporada”, declarou Steiner. “Se você tem um carro ruim, é um grande problema, mas se pensa que o problema é menor quando o carro anda bem às vezes, na verdade é ainda maior. Porque a resposta está em algum lugar e você só precisa encontrá-la, o que é difícil”.

Steiner disse que é vital que a equipe, nona colocada no campeonato de construtores, resolva seus problemas de gerenciamento dos pneus a fim de evitar “cair nessa armadilha” com o modelo do próximo ano.

Ao ser questionado sobre uma meta realista para o resto da temporada, Steiner respondeu: “Uma batalha. Quanto a uma meta realista em termos de resultados, eu não tenho ideia. Conseguir o melhor entendimento possível entre os pneus e o carro”.

“O carro que nós temos influencia, obviamente, mas os pneus… Se isso está determinando o comportamento de sua aerodinâmica, você não pode fazer muita coisa, e descobrir isso é difícil. Então, eu realmente não sei. O objetivo é ter uma boa compreensão para não cairmos nessa armadilha no próximo ano, mas os pneus mudarão novamente em 2020”.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.