F1 – Steiner: Não há mais nenhuma equipe fraca aqui

Guenther Steiner

O chefe da equipe Haas, Guenther Steiner, acredita que a batalha no meio de campo da Fórmula 1 será mais apertada que o ano passado, com sete equipes lutando para ser “o melhor do resto”.

Pelos resultados muito positivos alcançados nos testes de inverno com o seu novo carro VF-18, a Haas surgiu como um competidor surpresa em 2018, e um que o chefe da equipe sente poder disputar o primeiro lugar no pelotão intermediário.

“Nós devemos estar dentro disso, então poderemos fazer isso”, disse Steiner ao site Racer. “No ano passado, terminamos em oitavo, mas estávamos mirando o sexto. Foram oito pontos, não é ótimo, mas não foi um desastre”.

“Nós estávamos lá com todos os outros que queriam isso e talvez estivéssemos um pouco fraco. Algumas você perde, algumas você ganha”.

Uma batalha real está se formando mais uma vez entre os principais da frente, Mercedes, Ferrari e Red Bull. Mas, a seguir, enquanto a Haas e a Renault aparecem bem colocadas para liderar o segundo pelotão, Steiner espera que a rivalidade entre equipes seja bem aberta desde o início.

“Não há mais nenhuma equipe fraca aqui”, insiste o italiano. “Está muito exigente no momento. É uma das temporadas mais competitivas da F1 por um longo período de tempo”.

“Retire os três primeiros que estão em uma categoria diferente, mas o resto está muito competitivo, muito próximo”.

“Apenas parecer bem e não ter os pontos não ajuda no final do ano”.

IB - www.autoracing.com.br

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.