F1 – Sainz satisfeito por ter penalidades planejadas na Renault

Renault

Carlos Sainz diz que não terá problemas para enfrentar as penalidades de grid em 2018, se o sacrifício ajudar a Renault a fazer progresso a longo prazo.

O chefe da equipe, Cyril Abiteboul, disse que a fabricante francesa está considerando as penalidades de grid usando deliberadamente mais do que o limite reduzido deste ano de três elementos por temporada.

Essa estratégia permitirá que a Renault extraia mais desempenho de forma mais consistente, devido a requisitos reduzidos de quilometragem, e também criará oportunidades extras para introduzir atualizações planejadas mais tarde na temporada.

“Para mim, isso é uma coisa menor durante todo o ano”, disse Sainz à Autosport. “Quando há uma regra de que você pode usar apenas três motores durante toda a temporada, e você é uma equipe que não está preocupada com 2018, e sim com o fato de ser campeão mundial em 2020, você precisa fazer progressos”.

“E para fazer progressos, você precisa colocar os motores na pista e testá-los, e tentar tirar desempenho deles. É um lembrete de que este é uma equipe que está usando 2018 como um ano de desenvolvimento, e em um assim você precisa trazer novas coisas para a pista e começar a testar”.

“Pode não ser ideal, mas não estamos lutando pelo campeonato mundial, então não é como largar em último numa corrida vai mudar as coisas”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.