F1 – Sainz: Ritmo da McLaren fez até a Ferrari desistir

Carlos Sainz

Carlos Sainz disse que seu mais recente quinto lugar na Fórmula 1 foi “mais especial que os outros” após ser tão veloz que forçou a Ferrari e Charles Leclerc a “desistirem”.

Sainz se classificou em sétimo para o GP do Japão e tirou proveito do incidente de Leclerc com Max Verstappen para andar em quarto no começo da prova antes de igualar seu melhor resultado da temporada.

Leclerc teve de escalar o pelotão depois de danificar sua asa dianteira no toque com Verstappen, mas não conseguiu ficar a menos de cinco segundos de Sainz na segunda metade da corrida e eventualmente abortou seu stint longo para trocar pneus.

Ao ser questionado se foi bom forçar uma Ferrari a fazer isso, Sainz respondeu: “Sim, foi. Quando há uma Ferrari 10 segundos atrás e eles são alguns segundos mais rápidos em ritmo de corrida, você pensa que não vai conseguir”.

“Mas eu estava poupando meus pneus no início do stint, e quando precisei forçar, consegui encontrar meio segundo; apesar de ele ter sido meio segundo mais veloz nas primeiras três ou quatro voltas, seus pneus se degradaram repentinamente, eu mantive o ritmo e ele desistiu. Foi ótimo!”

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.