F1 – Sainz preparado para “golpe” da Toro Rosso

Carlos Sainz Jr.

Carlos Sainz Jr. admitiu que não correr na Fórmula 1 no próximo ano seria um “grande golpe”.

Parece cada vez mais provável que, ao invés de colocar outro jovem estreante ao lado de Max Verstappen em 2015, a Red Bull mantenha o experiente Jean-Eric Vergne na Toro Rosso por mais um ano.

De fato, recentemente frustrado com o fato de que sua carreira na Fórmula 1 parecia estar chegando ao fim, o francês agora é só sorrisos no paddock de Interlagos.

“Comparado a um mês atrás, a situação é bem mais otimista”, declarou Vergne à RMC da França. “Muitas pessoas na Red Bull e Toro Rosso gostariam de me manter no próximo ano, então vamos ver como a situação vai evoluir”.

“Também discuti o assunto com Dietrich Mateschitz na Rússia, e acho que tudo está indo na direção correta no momento. Ainda faço parte da família Red Bull, portanto creio que todos os sinais estão verdes agora”.

Não é uma boa notícia para Sainz. Ao ser questionado sobre o assunto pelo jornal espanhol El Confidencial, ele admitiu: “Seria um golpe. Um grande golpe”.

“Acho que, depois do que alcancei neste ano, não me confirmar – do meu ponto de vista – seria uma injustiça. Creio que eu não poderia ter feito mais. Eu veria a Fórmula 1 com outros olhos”.

“Sempre foi meu sonho, desde que eu tinha 7 anos de idade e levantava às 3 da manhã para assistir Fernando (Alonso) correndo em Melbourne. Continua sendo meu sonho, mas eu veria com novos olhos”.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.