F1 – Sainz: McLaren deveria “temer a todos” no meio-campo

Carlos Sainz

O novo recruta da McLaren, Carlos Sainz, acredita que sua equipe deve temer que todos sejam um dos seus oponentes no meio-campo em 2019.

Este ano, Sainz ajudou a Renault a conquistar o título honorário de “melhor do resto”, com a equipe francesa terminando em quarto no ranking de Construtores, atrás do intocável trio Mercedes-Ferrari-Red Bull.

A Renault recebeu um retorno pelo seu dinheiro, mas a surpresa foi a Haas em 2018, a equipe norte-americana superando a McLaren, a Force India e a equipe massivamente melhorada da Sauber, enquanto Toro Rosso e Williams completaram o campeonato das equipes.

Sainz elogiou a Sauber em particular pelo progresso e considerou a equipe suíça um estudo de caso do que se poderia esperar em 2019.

“Se eles são, na verdade, a equipe mais forte do meio-campo, acho que todos nós devemos temê-los”, disse Sainz. “Mas no próximo ano devemos temer a todos”.

“Você pensa na Sauber, mas depois pensa na Force India com um pouco mais de orçamento, do que eles poderiam ser capazes. Você pensa na Renault, no que eles são capazes de fazer”.

“Você pensa na Haas, se eles continuarem recebendo a quantidade de peças da Ferrari que estão recebendo e a Ferrari continuar dominando o desenvolvimento do motor, eles também devem ser muito fortes”.

“Você pensa na McLaren com um projeto totalmente novo e quer investir e querer voltar ao P4 no campeonato depois de um ano difícil”.

“Você pensa em todas essas equipes e acha que qualquer um poderia liderar a batalha no meio-campo no ano que vem”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.