F1 – Saída de Hockenheim é um “desastre” para a Alemanha

GP da Alemanha

A saída da Alemanha do calendário da Fórmula 1 com inéditas 22 etapas em 2020 é um “desastre”.

Essa é a opinião de Christian Danner, ex-piloto e atual comentarista da televisão alemã.

Recentemente, a FIA confirmou o calendário de 2020 com novas corridas no Vietnã e Zandvoort, mas o contrato do GP da Alemanha em Hockenheim não foi renovado.

“Isso é um desastre”, declarou Danner ao jornal Die Welt.

“Se Barcelona consegue continuar tendo um GP e se as coisas também funcionam para Áustria e Holanda, é embaraçoso para mim ver que não estamos em posição de fazer o mesmo na Alemanha”.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.