F1 – Ricciardo espera estar atrás da Red Bull

Daniel Ricciardo

Daniel Ricciardo, da Renault, não espera estar à frente de sua ex-equipe para a abertura da temporada em Melbourne.

O australiano chocou o mundo do automobilismo quando assinou contrato com a fabricante francesa antes de 2019, citando a mudança como uma que ele esperava que trouxesse benefícios em longo prazo.

E enquanto ele espera que a ordem permaneça temporária, Ricciardo acredita que derrotar qualquer uma dos seis melhores da Austrália seria uma surpresa bem-vinda.

“Eu estava ciente de que quando eu assinei o acordo aqui, eu era muito realista que, pelo menos para Melbourne, eles (Red Bull) estarão na frente”, disse Ricciardo à Reuters.

“Porque de certa forma eu espero, não vai ser um choque ou algo assim. Eu não vou ser amargo se eles nos baterem em Melbourne. Eu sinto que agora estamos em uma jornada diferente”.

A Renault não é um estranho para o sucesso na Fórmula 1, com Fernando Alonso levando a equipe a vencer Pilotos e Construtores em 2005-2006.

Eles também equiparam Sebastian Vettel e Red Bull para quatro campeonatos duplos consecutivos entre 2010-2013.

Mas, apesar de ter terminado em P4 na classificação 2018 de Construtores, atrás da Mercedes, Ferrari e Red Bull, Ricciardo afirma que a equipe tem “recursos” suficientes para alcançar o Top 3.

“Eu sei que muitas pessoas pensam: ‘Ah, se ele fosse derrotar a Red Bull, quão bom isso seria? Enfiando isso a eles’. Mas honestamente não é assim. Se pudéssemos superar qualquer um dos três primeiros, eu ficaria feliz ”, explicou Ricciardo.

“Vendo o que eu vi até agora (na Renault), acho que há recursos suficientes para entrar nesse mundo. Então eu não acho que isso não é inatingível para nós”.

“Pode não ser este ano, mas não é uma desvantagem permanente, por assim dizer”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.