F1 – Regras de 2016 teriam impedido retorno de Schumacher

Michael Schumacher em 2012

O novo sistema de pontuação de super licença da FIA teria excluído até mesmo Michael Schumacher da Fórmula 1.

Escrevendo na Auto Motor und Sport da Alemanha, o correspondente Tobias Gruner calculou que alguém como Nico Hulkenberg, que conquistou os títulos da Fórmula 3 e GP2, teria marcado quase o triplo dos 40 pontos necessários para sua estreia na F1.

Mas Daniel Ricciardo, por outro lado, não poderia ter estreado em 2011, apesar de ter acumulado experiência na Fórmula Renault, F3 e World Series. Também teriam ficado fora da F1 no início de suas carreiras os campeões mundiais Kimi Raikkonen e Jenson Button.

E se o sistema de 2016 estivesse em vigor no final de 2009, o sete vezes campeão mundial Michael Schumacher teria sido impedido de retornar à F1 no ano seguinte com a Mercedes, continuou a Auto Motor und Sport.

Isso porque a FIA está exigindo que até mesmo ex-pilotos da categoria tenham disputado pelo menos cinco GPs na temporada anterior ou 15 GPs nos três anos anteriores. “Teoricamente, o campeão mundial recordista não teria se qualificado para uma super licença”, disse Gruner.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.