F1 – Pilotos não tiveram escolha sobre viagem para Melbourne

Torcida no Albert Park

Christian Horner defendeu a decisão da Fórmula 1 de viajar para Melbourne há apenas duas semanas.

Tem sido um período turbulento para a F1 e o mundo com a pandemia de coronavírus. Mas de acordo com alguns, a categoria deveria ter enxergado a situação antes de ir para a Austrália.

“Na F1, você não tem escolha”, declarou Romain Grosjean ao Canal Plus. “Você vai apesar das circunstâncias e precisa lidar com isso. É por isso que nós fomos para lá. Eu não quero esconder o fato de que a atmosfera no paddock estava muito estranha”.

O piloto da Haas criticou abertamente as decisões tomadas pela categoria. “A corrida foi cancelada apenas duas horas antes do primeiro treino, mas estava 99.99 por cento certo que haveria um caso (de coronavírus). Também houve uma falta de comunicação”.

Mas Horner, chefe da Red Bull, defende a F1. “O grande problema com isso é que a situação está se desenvolvendo muito rapidamente”, disse ele ao motorsport-total.com.

“É difícil criticar posteriormente quando a situação é tão dinâmica. Quando nós chegamos, ninguém havia testado positivo. Houve apenas um caso e a decisão de não correr foi tomada depois daquilo”.

Clique AQUI para fazer suas apostas esportivas

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.