F1 – Pilotos da Williams “chocados” com performance em 2018

Lance Stroll

Lance Stroll admitiu estar “chocado” com o desempenho lastimável da Williams em 2018. Depois de um mau começo para a antiga equipe britânica na Austrália e no Bahrain, o piloto canadense não viu sorte diferente na China.

“Estou chocado. Estamos ao contrário”, disse Stroll. Questionado sobre qual é o problema, o canadense disse que o carro de 2018 da Williams simplesmente não é rápido. “Perdemos por toda parte – nas retas, nas curvas. Não traduzimos os pontos fortes do carro de 2017 para este, e as fraquezas permanecem”, acrescentou.

“Nós tomamos uma nova direção durante o inverno e adotamos uma nova filosofia, então temos muito a aprender”, afirmou Stroll. “Nós sabemos que é uma longa temporada. Acho que ainda faltam 19 corridas e temos que melhorar o carro de uma semana para a outra. Todos nós acreditamos em nossa abordagem que nos permite permanecer positivos”.

No entanto, o companheiro de equipe de Stroll, Sergey Sirotkin, admitiu o que é amplamente falado no paddock – que a Williams parece completamente perdida no momento. “Não entendemos por que isso está acontecendo”, disse o russo à Sport Express. “É uma grande surpresa, porque não conseguimos esses números até estarmos na pista. E não tivemos a chance de encontrar uma solução”.

Uma análise mostrou que o Williams é o único carro no grid que é realmente mais lento do que no ano passado. Sirotkin admitiu: “A situação é um pouco estranha, porque se você olhar para os números, deveríamos ser mais rápidos, não mais lentos”.

“Precisamos de novas peças e alguns ajustes para um grande passo, um passo realmente sério, e estou tentando fazer tudo o que depende de mim em termos de direção. Mas, por outro lado, não temos tantas opções”, concluiu Sirotkin.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.