F1 – Perez e Ocon não tinham o melhor dos relacionamentos

Esteban Ocon e Sergio Perez prestes a colidir

Sergio Perez admitiu que ele e Esteban Ocon tiveram um relacionamento “gelado” nas duas últimas temporadas como companheiros de equipe na Force India.

Os dois tiveram vários problemas em seu tempo juntos, o que fez com que a Force India ditasse ordens de equipe a eles rotineiramente. Uma colisão no GP da Bélgica em 2017 levou a Force India a impor ordens sobre a dupla, e um incidente semelhante este ano em Cingapura viu tal prática retornar.

A posição de Ocon como piloto júnior da Mercedes significava que ele estava apenas “emprestado” à Force India, entretanto seus laços com os alemães o deixaram sem lugar para 2019, com Lance Stroll seguindo seu pai Lawrence para a equipe agora conhecida como Racing Point.

Não parece que Perez sentirá muito a falta de Ocon, sugerindo que o relacionamento deles nos últimos dois anos foi puramente profissional. “Para ser honesto, nunca foi ótimo, o maior deles”, disse Perez sobre o relacionamento dele e de Ocon.

“Nós somos ambos muito profissionais, não gastamos muito tempo fora do carro, então foi bastante normal. Eu vou dizer que com meus colegas de equipe anteriores, houve mais relacionamento externo”, lembrou o mexicano.

“Eu já tive isso antes, com o (Nico) Hulkenberg. É sempre difícil, somos muito competitivos, e também quando você não é mais companheiro de equipe, o relacionamento de repente fica um pouco melhor. Depende”, comentou.

“Há pilotos que não podem separar o que é corrida e o que é fora do carro. Todo mundo é diferente”, concluiu Perez.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.