F1 – Pat Symonds deixa a Williams

Pat Symonds

Pat Symonds

Pat Symonds, chefe técnico da Williams, deixou a equipe. Ele ocupava o cargo desde o meio de 2013, quando chegou vindo da Virgin Racing – agora Manor.

A saída de Symonds ocorre em meio a fortes rumores de que Paddy Lowe, diretor técnico executivo da Mercedes, deverá assumir um cargo importante na Williams.

Symonds é um dos principais engenheiros da Fórmula 1 desde o começo dos anos 80, quando se juntou à Toleman. Ele permaneceu quando a equipe foi comprada pela Benetton em 1984 e depois pela Renault em 2002.

Como diretor de engenharia executivo, Symonds foi uma figura central na organização baseada em Enstone no auge do sucesso com os títulos consecutivos de pilotos com Fernando Alonso e de construtores em 2005 e 2006.

A carreira de Symonds na Renault foi marcada por seu envolvimento no escândalo da batida proposital no GP de Cingapura em 2008, que provocou sua suspensão da F1.

No entanto, essa punição foi posteriormente revogada, com Symonds recebendo compensação e permissão da FIA para retornar a um cargo em tempo de tempo integral na categoria.

Ao ser questionada sobre a saída de Symonds, a Williams se recusou a comentar o assunto.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.