F1 – Norris explica sucesso da McLaren na temporada 2019

Lando Norris

O piloto da McLaren, Lando Norris, destacou a “nova largada” da equipe em termos de pessoal, bem como a falta de “publicidade exagerada” como duas das principais razões pelas quais 2019 foi uma temporada de tanto sucesso, já que a equipe de Woking terminou a temporada em quarto lugar no campeonato de construtores, após anos de luta.

A reviravolta na McLaren em 2019 foi bastante incrível em comparação com anos anteriores na era turbo-híbrida. O ponto baixo absoluto veio há dois anos, em 2017, quando a equipe terminou em nono lugar no campeonato de construtores.

A relação com a então parceira de motores Honda era, no mínimo, muito turbulenta, com unidades de potência carentes tanto de potência como de confiabilidade. Fernando Alonso costumava criticá-la publicamente quando as coisas não corriam à maneira do espanhol, o que só piorava as coisas.

A McLaren terminou 2018 em sexto, mas caiu maciçamente no final do ano, e uma nova dupla foi introduzida com Carlos Sainz e Norris ao lado do chefe da equipe, Andreas Seidl. Norris descreveu este “novo começo” como uma das maiores coisas que mudaram na McLaren em comparação com anos anteriores.

“Houve muitas mudanças na equipe que refrescaram tudo, mas ao mesmo tempo porque os últimos anos foram muito ruins – entrando neste ano por uma boa razão – nós não exageramos tanto quanto nos anos anteriores”, disse o piloto.

“As pessoas trabalharam duro durante o inverno e com isso começamos a testar e não ficamos super felizes com a forma como os testes foram feitos, mas depois, à medida que as corridas foram acontecendo, o ambiente e tudo mais começaram a se unir mais e mais”, continuou o inglês de 20 anos, conforme citado pelo Crash.net.

“Acho que ocorreram muitas coisas importantes, mas dois novos pilotos, nova gerência e novas pessoas cuidando de todos, acho que juntar tudo isso tornou tudo mais agradável para os pilotos e para a equipe”, prosseguiu.

Norris terminou a temporada em 11º, enquanto o colega de equipe Sainz se tornou o primeiro piloto não-Mercedes, Ferrari ou Red Bull a terminar entre os seis primeiros desde 2014. Isto sublinha o quão competitiva a McLaren foi na última temporada e, embora Norris esteja satisfeito com a melhoria, ele sabe que ainda há trabalho a fazer.

“O contraste com este ano foi bastante grande, por isso acho que isso diz o suficiente. Ocorreram muitas coisas muito boas, mas ainda há muitas coisas que não foram tão boas e coisas que precisamos melhorar”, comentou ele.

“Acho que podemos ficar felizes, mas ainda há um longo caminho a percorrer para podermos correr com Red Bull, Ferrari e Mercedes. Podemos ficar felizes, mas não exageradamente felizes, devemos nos antecipar para o próximo ano”, concluiu Norris.

Clique AQUI para fazer suas apostas esportivas

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.