F1 – Montezemolo lamenta situação delicada do amigo Schumacher

Michael Schumacher e Luca di Montezemolo em 2006

Luca di Montezemolo dedicou a Michael Schumacher a honraria concedida a ele no “Hall da Fama” do Automóvel em Detroit. “Eu não sei se teria recebido esse prêmio sem ele”, disse o ex-presidente da Ferrari, de acordo com o jornal italiano La Gazzetta dello Sport.

“Dedico a ele, porque ele está tentando ganhar sua corrida mais difícil”, proseguiu o italiano, referindo-se ao ex-piloto da Ferrari e sete vezes campeão mundial, que se recupera de uma queda de esqui ocorrda no fim de 2013, que o deixou em coma ocasionando graves sequelas cerebrais.

“Ele não era somente alguém com quem trabalhei, mas acima de tudo um amigo com quem compartilhei muito. Saber que ele agora está na cama por um tempo tão longo é muito triste”, admitiu ele.

Enquanto isso, Montezemolo ofereceu algumas dicas para uma Fórmula 1 moderna, que está lutando para manter a imaginação do público. “Mais velocidade, custos mais baixos, regulamentos diferentes para torná-los mais compreensíveis para os fãs e melhorar o show. Porque você não pode fazer um GP em julho ou agosto, às duas da tarde, quando as pessoas querem estar na praia”, opinou.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.