F1 – Mercedes quer evitar “favorecimento inconsciente” a um dos pilotos

Valtteri Bottas e Lewis Hamilton

A Mercedes fará de tudo para evitar um “favorecimento inconsciente” a um de seus pilotos permitindo que eles executem estratégias diferentes como no GP da Inglaterra.

Lewis Hamilton derrotou seu companheiro de equipe Valtteri Bottas e obteve sua sexta vitória em Silverstone após optar por uma estratégia de um pit-stop e um segundo stint longo com pneus duros.

Isso, junto com um safety car antes da parada de Hamilton, permitiu que ele deixasse Bottas para trás, pois o finlandês havia parado cedo e precisaria fazer uma segunda troca de pneus.

Toto Wolff, chefe da Mercedes, disse que a liberdade estratégica foi resultado de uma discussão iniciada pelos pilotos na reunião antes da prova, mas admitiu que questionar por que a equipe não manteve sua tendência de adotar a mesma estratégia é “um argumento justo”.

Quando lhe pediram para explicar as estratégias diferentes, Wolff comentou: “A discussão que tivemos com eles pela manhã foi, se lhes dermos o mesmo pneu com a mesma estratégia, basicamente a curva 1 ou a primeira volta decidiriam o resultado”.

“E nós sentimos que aceitar a sugestão deles proporcionaria uma corrida interessante. Ainda coincidia em muitos momentos, nós sabíamos que eles lutariam um contra o outro, mas talvez com uma estratégia diferente, portanto foi o que tentamos”.

“Acho que, em retrospecto, o argumento tem valor e creio que precisamos analisar isso – estamos favorecendo alguém inconscientemente? Não queremos fazer isso. Gerou mais experiência e dados para julgarmos se é algo que queremos fazer no futuro”.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.