F1 – Mercedes ficou meio segundo mais rápida do que a Ferrari

Ferrari e Mercedes

Um lote de atualizações da Ferrari para o GP de Cingapura saiu pela culatra. Foi tão ruim que Sebastian Vettel e Kimi Raikkonen estão agora meio segundo por volta mais lentos do que seus rivais na Mercedes, segundo relato da revista alemã Auto Motor und Sport.

De acordo com a publicação, a Scuderia estava dois décimos por volta mais rápida antes de chegar a Marina Bay, o que significa que o novo pacote custou 0,7 segundos.

Enquanto isso, a Mercedes acrescentou melhorias aerodinâmicas em seu carro para levar vantagem à equipe, com Lewis Hamilton avançando para um quinto título mundial com quatro vitórias consecutivas.

Isso incrementa a lamúria da Ferrari por não ter aproveitado corretamente o carro mais rápido do grid até então – erros na pista e nas boxes custaram vitórias na Alemanha, Hungria e Itália, com Hamilton conseguindo segurar Vettel na briga pelo título.

Agora, Hamilton precisa apenas superar Vettel por oito pontos nas últimas quatro corridas de 2018, começando no GP dos Estados Unidos no próximo final de semana, onde o homem da Mercedes ganhou todos os anos na era das unidades de potência V6 híbridas.

A vitória no Circuito das Américas será suficiente para Hamilton, desde que Vettel não chegue em segundo.

Quer concorrer a uma réplica do capacete do Ayrton Senna? Clique AQUI e palpite sobre quem vai vencer o GP dos EUA de Formula 1 no dia 21 deste mês!

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.