F1 – Mateschitz preparado para deixar Ricciardo sair

Dietrich Mateschitz

O chassi e os pilotos da Red Bull podem fazer o resto do trabalho se seu motor Renault estiver a meio segundo da Mercedes este ano.

Essa é a visão do dono da equipe Dietrich Mateschitz, que deu uma rara entrevista para a mídia austríaca Salzburger Nachrichten.

Primeiro, ele disse estar satisfeito com a mudança da Toro Rosso para a Honda, dizendo que o motor japonês está “no mesmo nível da Renault”. Quanto à Red Bull, ele disse que o carro de 2018 é “excelente”.

“Achamos que estamos mais próximos da ponta do que no ano passado. Tanto no chassi quanto no motor”, disse o bilionário. “Não sabemos muito sobre o que a Mercedes fez durante o inverno com o motor, mas se estivermos dentro de meio segundo, poderemos alcançar com nossos pilotos e nosso chassi”.

Além disso, ele disse que a Red Bull ainda não decidiu se vai mudar para os motores Honda em 2019.

“Temos que ver como a temporada se desenvolve”, disse o austríaco. “Ainda não sabemos a nossa velocidade no modo de classificação, mesmo que pareça bom em relação à corrida”.

Mateschitz disse que também está feliz com os pilotos, apesar do contrato de Daniel Ricciardo estar terminando.

Perguntado se o australiano vai ficar, ele respondeu: “Você terá que perguntar isso a ele. Depois de uma longa colaboração, provavelmente todo mundo está procurando por um novo desafio, especialmente se uma equipe de ponta estiver oferecendo”.

“Vamos deixá-lo ir, se quiser, mas ficaremos felizes se ele ficar. E se ele sair, teremos bons rapazes na Toro Rosso. Mas tudo isso é um problema para mais tarde”, disse Mateschitz.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.