F1 – Marko nega que Gasly será segundo piloto na Red Bull

Pierre Gasly

O consultor da Red Bull, Helmut Marko, diz que Pierre Gasly não atuará como segundo piloto para Max Verstappen. O francês foi promovido após uma decisão inesperada de Daniel Ricciardo indo para a Renault.

Gasly admite que levará tempo para subir em velocidade em um carro de ponta e desafiar Verstappen, que está na equipe desde 2016. A Red Bull nunca impôs status de número um e dois quando Verstappen fez parceria com Ricciardo, já que eles estavam livres para lutar em várias ocasiões.

E Marko diz que a equipe de bebidas energéticas manterá a mesma mentalidade com sua nova dupla em 2019: “Ele não é um piloto número dois”, disse Marko ao Auto Bild. “Isso está fora dos limites da Red Bull”.

“Max deu o próximo passo na temporada passada e Daniel Ricciardo percebeu isso. Mas Max vai dar Gasly o tempo que ele precisa, então meu palpite é que ele estará mais perto de Max na classificação. Isso é normal para um estreante em uma equipe de ponta”.

Gasly admitiu que está animado com a perspectiva de contracenar com Verstappen, dizendo que competir ao lado dele beneficiará seu próprio desenvolvimento.

“Com certeza eu provavelmente precisarei de algum tempo para ficar confortável com a equipe, para me acostumar com o carro, com as pessoas, com o jeito de trabalhar”, disse Gasly à Autosport. “Vindo da Toro Rosso para a Red Bull é, como eu digo, diferentes alvos, cultura diferente também, uma cultura mais inglesa na Red Bull”.

“Então esse é o tipo de coisa que leva um pouco de tempo, mas certamente Max é um dos caras mais rápidos do momento no paddock e para mim eu estou super empolgado para ir ao lado dele porque é assim que você também aumenta o seu jogo”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.