F1 – Maldonado insiste que a Lotus não está “perdida”

Pastor Maldonado

Pastor Maldonado insiste que não se arrepende de ter trocado a Williams pela Lotus em 2014.

“A Williams não estava funcionando como deveria, portanto tive de buscar um novo desafio após três anos, uma nova esperança, algo para me motivar”, declarou Maldonado ao El Confidencial da Espanha.

“Decidi vir para cá porque a história dizia que era uma ótima equipe, e quando cheguei, encontrei exatamente o que estava procurando. A atmosfera é incrível, e digo isso porque estamos enfrentando muitos problemas”.

“As pessoas dizem que a equipe está perdida, não é como antes, mas o que mudou são os carros. Estamos passando por uma enorme transformação tecnológica. Tivemos milhões de problemas, muitos deles insignificantes e bobos, então está demorando bastante”.

Enquanto tenta resolver os problemas do E22, Maldonado está tendo de assistir a forma ressurgente da Williams, cujos pilotos Felipe Massa e Valtteri Bottas já marcaram 36 pontos em 2014. Em contraste, o total combinado de Maldonado e Romain Grosjean é zero.

“Estou muito calmo. A Williams sabia que teria um carro melhor neste ano – com certeza, piorar (em relação a 2013) seria virtualmente impossível”.

“Sempre pode ser pior, mas estava em uma escala onde melhorar era mais provável do que piorar – estávamos lutando com as equipes pequenas comparadas à Williams com seu nome, sua estrutura e sua fábrica. Eles mostraram que conseguem andar bem, mas ainda é difícil dizer se podem voltar a vencer corridas”.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.