F1 – Mal entendidos não são mais aceitáveis na Ferrari

Ferrari

Angelo Sticchi Damiani, presidente do Automobile Club d’Italia, diz que não pode haver mais nenhum mal-entendido na Ferrari após o corte do diretor da equipe, Maurizio Arrivabene. Arrivabene foi substituído na segunda-feira pelo diretor técnico da equipe, Mattia Binotto.

A Ferrari estava na disputa pelo título mundial em 2017 e 2018, mas viu seu desafio escorregar contra a Mercedes na segunda metade de ambas as temporadas. A culpa foi atribuída à equipe por não ter conseguido atualizar o carro com sucesso e por ter cometido erros estratégicos, enquanto Sebastian Vettel se viu envolvido em vários incidentes na pista.

“A mensagem é clara”, disse Sticchi Damiani ao jornal Corriere dello Sport. “Não pode haver mais mal-entendidos. Os resultados não podem mais ser questionados por causa de problemas de comunicação entre os responsáveis”.

Entende-se que Binotto assumirá o comando da equipe, bem como manterá suas funções no departamento técnico. No entanto, Sticchi Damiani não acredita que um papel duplo será possível para o engenheiro suíço.

“A nomeação de Binotto e acima de tudo a fusão dos dois papéis mais importantes dentro da equipe é um desenvolvimento sensacional que significa uma coisa: você tem que ganhar os dois campeonatos mundiais imediatamente”.

“As expectativas para 2019 são enormes e é importante que um ponto de equilíbrio tenha sido encontrado. Os acionistas claramente consideraram o risco de uma terceira temporada com tropeços e oportunidades perdidas inaceitáveis. Foi também devido aos fãs, que nunca abandonaram a Ferrari nos momentos de derrota ou longas esperas”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.