F1 – Mal entendido com Magnussen explicado

Haas

Kevin Magnussen pediu desculpas pelo desabafo no rádio que feito durante o GP do Canadá, com o piloto da Haas expressando suas frustrações com o estado de seu carro após uma grande batida na classificação.

A enorme batida de Magnussen no sábado na classificação obrigou a equipe norte-americana a construir um novo carro para o piloto para a corrida de ontem.

O chefe da equipe Haas, Guenther Steiner, admitiu que um acerto diferente foi feito no carro de Magnussen. Mas quando o dinamarquês começou sua corrida do pitlane, ficou claro desde o início que uma tarde difícil estava por vir.

Frustrações surgiram enquanto ele lutava por ritmo e Magnussen finalmente chamou sua equipe.

“Esta é a pior experiência que já tive, em qualquer carro de corrida desde sempre”, disse o dinamarquês.

Steiner não gostou.

“Isso significa que para nós também não é uma experiência agradável”, brincou o patrão da Haas. “É o suficiente agora, é isso que significa chega!”

Steiner explicou o pano de fundo de toda a questão.

“Na reconstrução do carro de Kevin, tentamos um pouco de configuração diferente, porque podíamos, porque ele largaria do pit lane”, explicou Steiner.

“Obviamente isso não funcionou. Sabemos agora. Pelo menos nós aprendemos com esse erro. Foi uma escolha consciente, mas não uma escolha para piorar o carro, tentamos melhorar e não funcionou.”

“Ele pediu desculpas a todos no rádio depois da corrida. Foi bom que ele tenha feito isso.”

“Todo mundo está frustrado, os caras trabalham até as três da manhã. Não é algo que motive você e você não precisa de mais discussões sobre o quão ruim ficou.”

“O que eu queria evitar é que os caras fossem ‘espancados’ mais do que precisavam.”

“Depois da corrida, ele não quis ser crítico, ele apenas tentou explicar uma situação que estava muito ruim, mas não culpando ninguém.”

“Quando você está do outro lado da rádio, você não sabe disso. Talvez eu possa entender, mas os caras não sabem, porque eles não conhecem a história completa.”

“Ele se desculpou com todo mundo, o que é algo que um adulto faz”.

Magnussen revelou que sua irritação foi originada em sua firme convicção de que Haas realmente tem o melhor carro do meio-campo do grid, mas está lutando contra fatores externos, como pneus que estão segurando seu VF-19 na pista.

“Temos um carro tão bom, e a classificação é brilhante, podemos lutar contra qualquer um no meio-campo – e temos estado na pole do ‘melhor do resto’ muitas vezes este ano”, disse Magnussen.

“Então, é muito difícil manter as emoções sob controle em situações como a da corrida.”

“Não era uma crítica para a equipe no rádio. Eles fizeram um trabalho incrível neste final de semana.”

“Cometi um erro na classificação e eles conseguiram construir um carro completamente novo para a corrida do dia seguinte.”

“Só temos esses pneus que não funcionam na corrida para nós. É difícil não ficar muito desapontado, sei que toda a equipe está. Eles merecem muito mais.”

AS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.