F1 – Liberty está pronta para apresentar os planos futuros às equipes

Jean Todt e Chase Carey

A Liberty Media está preparada para apresentar às equipes o conceito de motor da categoria após 2020.

O site Auto Motor und Sport informa que, em conjunto com a FIA, as regras propostas serão mostradas às equipes em 31 de outubro.

“Para mim pessoalmente, com uma folha de papel branca, eu teria um motor de doze cilindros com o som e a potência que os fãs querem”, disse Helmut Marko, da Red Bull, à Speed Week.

E Sebastian Vettel disse à Playboy: “A redução de tamanho é a forma como o mundo está indo, mas com o nosso foco no esporte e no show, estaríamos melhor indo contra essa tendência”.

“Hoje em dia, os carros não são tão barulhentos, e acredito que isso não é bom para os espectadores apenas, mas também para nós, pilotos”, acrescentou o piloto da Ferrari.

No entanto, acredita-se que, para 2021 e além, a Liberty e a FIA foram para um acordo de meio caminho entre os desejos de Marko e o status quo, com um motor V6 com dois turbos e a tecnologia MGU-K e MGU-H.

Marko diz que é crucial que as novas regras permitam aos fornecedores independentes de motores desenvolver o motor de 2021 e competir com as fabricantes gigantes de automóveis .

“Esta dependência atual é inaceitável para nós”, disse ele, “porque não podemos obter a potência do motor que a Mercedes e a Ferrari têm. A Fórmula 1 deve tornar-se consumidora em vez de tecnológica. As pessoas compram o iPhone porque é fácil de usar, não porque desejam conhecer a tecnologia dentro dela”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.