F1 – Honda está assustada com seu desempenho

McLaren-Honda

McLaren-Honda

Chefe da Honda na Fórmula 1, Yusuke Hasegawa diz que a fabricante está ligeiramente “assustada” com seu déficit de desempenho em relação à suas rivais, após uma preparação problemática para a temporada de 2017.

A Honda, que entrou no terceiro ano como fornecedora da unidade de potência da McLaren, teve uma quilometragem limitada na primeira semana, inicialmente devido à forma do tanque de óleo, antes que uma perda de potência também afetasse os procedimentos.

Durante a segunda semana, falhas elétricas afetaram o MCL32, com Stoffel Vandoorne e Fernando Alonso parando quatro vezes ao longo da quinta e sexta-feira. Os atrasos significaram que a McLaren completou apenas 424 voltas nos oito dias de testes, contra 584 da Toro Rosso e 1096 da Mercedes.

Para a McLaren também faltou ritmo, com seu melhor tempo de volta, obtido por Vandoorne com pneus ultramacios, deixando a equipe em nono lugar, 2s714 abaixo da Ferrari de Kimi Raikkonen, à frente só da Sauber.

“Claro que sabíamos o nível de desempenho, mas não sabíamos o nível das outras equipes”, explicou Hasegawa ao RACER. “Assim, de um ponto de vista de comparação, estamos um pouco assustados com a situação e é muito otimista para que possamos esperar um resultado muito bom em Melbourne”.

“Mas, do ponto de vista do problema, é claro que eu não esperava uma variedade tão grande de problemas que sofremos. Tudo o que aconteceu não foi visto no dyno, eu acredito”, prosseguiu Hasegawa, que acredita que os problemas da Honda foram acentuados também pelos ganhos feitos por seus concorrentes durante as férias.

“Claro que também melhoramos nosso nível de desempenho do motor, no entanto, parece que a melhoria de desempenho da unidade de potência dos outros é melhor e maior do que nós. Podemos até estar mais atrás, então isso é muito decepcionante”, explicou o dirigente.

“A partir das configurações, podemos ter algumas coisas que possamos fazer nestas duas semanas. Nas próximas duas semanas vamos tentar encontrar algumas maneiras de ajustar o motor, e ele pode ter melhor desempenho, definitivamente”, concluiu ele.

A McLaren-Honda terminou em nono entre 10 equipes na classificação de 2015, com 27 pontos, antes de subir para sexto com 11 equipes na temporada passada, coletando 76 pontos.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.