F1 – Haug se sentiu responsável pelo fracasso da Mercedes, segundo Lauda

Niki Lauda

Conteúdo patrocinado por:

Norbert Haug se sentiu culpado pela falta de sucesso da Mercedes em seus três primeiros anos, confirmou Niki Lauda.

Após a notícia chocante da semana passada, muitos sentiram a influência de Lauda, novo presidente não executivo, quando foi anunciado que Haug deixará seu cargo depois de 22 anos no comando da marca alemã. Mas o austríaco insiste que ficou tão surpreso quanto todos.

“Na terça-feira, eu estive na reunião do conselho em Stuttgart pela primeira vez em meu novo cargo”, revelou Lauda ao jornal Welt am Sonntag. “Ao final da reunião, foi uma surpresa absoluta quando Haug entregou sua demissão”.

“Eu tiro meu chapéu para ele, porque, essencialmente, ele disse que se sentiu responsável pela performance ruim deste ano e chegou à conclusão apropriada. Para ser honesto, há poucos diretores em posições importantes que fazem coisas assim. Pessoalmente, eu lamento bastante. Adoraria continuar trabalhando com ele”.

Ao ser questionado se tentou convencer Haug a ficar, Lauda insistiu: “Não. Se uma pessoa toma tal decisão, você precisa respeitá-la”.

Ele admitiu que a saída de Haug deixa um “grande vazio” na Mercedes. “A Mercedes agora vai considerar como lidar com a perda. No momento, não vejo ninguém que possa assumir as tarefas de Haug. A situação precisará ser completamente avaliada”.

Quando lhe perguntaram se ele pode ajudar a preencher o vazio, Lauda respondeu: “Não. Sou presidente do conselho, o que não tem nada a ver com a operação do negócio”.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.