F1 – Hamilton ultrapassa Verstappen e vence na Hungria

Lewis Hamilton e Max Verstappen

Lewis Hamilton tomou a vitória de Max Verstappen no GP da Hungria de Fórmula 1 após uma mudança estratégica de sua equipe Mercedes.

Hamilton passou para uma estratégia de duas paradas na tentativa de usar pneus novos para atacar seu rival da Red Bull, que havia liderado praticamente toda a corrida depois de largar na pole position.

Verstappen se segurou até a abertura da volta 67, quando Hamilton utilizou o DRS para colocar por fora na curva 1 e os pneus “mortos” do holandês o deixaram sem chance de se defender por dentro.

Uma troca para pneus macios para as três voltas finais permitiu que Verstappen pelo menos marcasse um ponto de bônus pela volta mais rápida, enquanto Sebastian Vettel ultrapassou seu companheiro de equipe Charles Leclerc para completar o pódio.

Leclerc parecia destinado a subir ao pódio após uma prova discreta da Ferrari, que rapidamente se distanciou da batalha pela liderança nos estágios iniciais e não se recuperou mais.

Contudo, Vettel mudou para o “plano C”, significando um longo stint final com pneus macios e a difícil tarefa de recuperar o tempo que ele havia perdido para Leclerc ao estender seu primeiro stint. Restando menos de três voltas, Vettel alcançou Leclerc e mergulhou por dentro na curva 1 com uma manobra agressiva para tomar o último degrau do pódio.

Valtteri Bottas, que largou na primeira fila ao lado de Verstappen, se envolveu em toques com seu companheiro de equipe Hamilton e Leclerc na primeira volta e teve sua asa dianteira quebrada. Ele precisou fazer um pit-stop no início e perdeu qualquer chance de um bom resultado, chegando em oitavo.

Carlos Sainz tirou vantagem dos problemas de Bottas e da largada ruim de Pierre Gasly para dar o quinto lugar à McLaren depois de ultrapassar seu companheiro Lando Norris na volta inaugural.

Norris poderia ter chegado em sexto, mas um problema com a roda traseira esquerda atrasou seu pit-stop e o deixou atrás de Gasly e Kimi Raikkonen. Ele perdeu tempo demais para alcançar ou pressionar o finlandês – que igualou seu melhor resultado da temporada com a sétima colocação.

Alexander Albon alcançou e passou seu companheiro de equipe na Toro Rosso, Daniil Kvyat, e Sergio Perez (Racing Point) no último terço do GP para completar os 10 primeiros e marcar mais um ponto.

Classificação da prova:

Pos. Piloto Equipe Voltas Tempo/dif.
1 Lewis Hamilton MERCEDES 70 1h35m03.796s
2 Max Verstappen RED BULL HONDA 70 17.796s
3 Sebastian Vettel FERRARI 70 61.433s
4 Charles Leclerc FERRARI 70 65.250s
5 Carlos Sainz MCLAREN RENAULT 69 1 volta
6 Pierre Gasly RED BULL HONDA 69 1 volta
7 Kimi Raikkonen ALFA ROMEO FERRARI 69 1 volta
8 Valtteri Bottas MERCEDES 69 1 volta
9 Lando Norris MCLAREN RENAULT 69 1 volta
10 Alexander Albon TORO ROSSO HONDA 69 1 volta
11 Sergio Perez RACING POINT MERCEDES 69 1 volta
12 Nico Hulkenberg RENAULT 69 1 volta
13 Kevin Magnussen HAAS FERRARI 69 1 volta
14 Daniel Ricciardo RENAULT 69 1 volta
15 Daniil Kvyat TORO ROSSO HONDA 68 2 voltas
16 George Russell WILLIAMS MERCEDES 68 2 voltas
17 Lance Stroll RACING POINT MERCEDES 68 2 voltas
18 Antonio Giovinazzi ALFA ROMEO FERRARI 68 2 voltas
19 Robert Kubica WILLIAMS MERCEDES 67 3 voltas
20 Romain Grosjean HAAS FERRARI 49 abandono

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.