F1 – Hamilton temeu perder seu lugar na Mercedes

Lewis Hamilton – pole Abu Dhabi 2016

Lewis Hamilton disse que entende a situação dos pilotos que enfrentam futuros incertos da Formula 1, até porque ele temeu pela vaga na Mercedes.

Atualmente, vários nomes consagrados estão nessa mesma situação: Nico Hulkenberg e Romain Grosjean, veteranos que disputam um lugar na Haas, enquanto Robert Kubica está em risco para 2020 na Williams.

No caso de Hamilton, pode parecer que ele nunca teve que se preocupar com seu futuro na F1, tendo decidido, por sua própria vontade, mudar da McLaren para a Mercedes em 2013.

“Certamente simpatizo com os caras que ocupam essas posições, porque é claro que quando cheguei às negociações no passado, nem sempre tive todas as opções e ainda tive que imaginar o que iria fazer para seguir em frente”, disse ele.

“Tive momentos em que não me saí muito bem e pensei ‘caramba, vou perder meu lugar’, mas tive muita sorte em mantê-lo, por isso estou grato por continuar essa incrível jornada com a Mercedes.”

Talvez o maior risco à posição de Hamilton tenha sido no final de 2016, quando ele perdeu o título mundial para Nico Rosberg e a parceria se tornou incontrolável, principalmente depois que Lewis desafiou a equipe em Abu Dhabi.

Se Nico não se aposentasse alguns dias depois, ainda é uma daquelas perguntas para as quais talvez nunca saibamos a resposta, de quais seriam as repercussões.

Olhando para o futuro, porém, ao se aproximar do título número seis, Hamilton admite que espera que a Mercedes queira renovar novamente quando seu futuro for discutido após 2020.

“Há um momento em que vou ter que negociar com eles novamente, e espero que eles queiram me manter”, disse ele. “Só preciso continuar fazendo um bom trabalho.”

AS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.