F1 – Hamilton: Riscos do automobilismo ainda são “chocantes”

Lewis Hamilton

O pentacampeão mundial Lewis Hamilton diz que lidar com a realidade dos riscos no automobilismo após a morte de Anthoine Hubert em Spa afetou as “profundezas da minha alma”.

Pilotos como Daniel Ricciardo e Hamilton admitiram durante o fim de semana em Spa que ficaram abalados com a morte de Hubert, com o britânico da Mercedes postando seus sentimentos nas mídias sociais.

“Foi por isso que eu postei aquelas coisas (nas mídias sociais), porque não é impossível”, disse Hamilton. “Eu já passei por isso antes. Obviamente, nós tivemos aquela experiência no Japão (com Jules Bianchi), mas eu já vi outro garoto de 11 anos morrer no fim de semana em que eu estava correndo”.

“Portanto, já passei pela experiência antes. E como piloto, isso realmente o abala. Eu não sei como foi para os outros pilotos, mas no meu caso, atingiu as profundezas da minha alma. Foi extremamente duro. Eu não consegui dormir naquela noite. Simplesmente não podia acreditar no que havia ocorrido”.

“Acho que sua mente fica sobrecarregada, tentando se acostumar à realidade do que acabou de acontecer. E também ao fato de que nós perdemos Charlie (Whiting) neste ano e a Fórmula 1 continua, perdemos Niki (Lauda) e o mundo segue em frente. É triste, mas creio que a vida é assim”.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.