F1 – Haas pretende anunciar dupla de 2020 em Cingapura

Guenther Steiner

Gunther Steiner espera decidir o segundo piloto da Haas para 2020 na próxima corrida em Cingapura. Em Spa, em meio a rumores de que Nico Hulkenberg está sendo ativamente cortejado, o chefe da equipe americana admitiu que a Haas poderia estar em posição de fazer um anúncio em Monza.

Mas o refugiado da Renault Hulkenberg diz que não tem pressa. O jornal finlandês Turun Sanomat relata que suas opções são Haas e Alfa Romeo, especulando que ele pode até mesmo substituir Antonio Giovinazzi nas próximas semanas.

“Há definitivamente conversações em curso, mas nada de concreto ainda”, disse Hulkenberg em Monza quando perguntado sobre o seu futuro. “Penso que ainda vai demorar algum tempo. Tem que ser o acordo certo, uma boa perspectiva desportiva, e não tenho urgência ou pressa em assinar algo apenas para assinar alguma coisa”.

Steiner disse em Spa que os candidatos a ser o próximo companheiro de Kevin Magnussen são Esteban Ocon, Hulkenberg e o atual titular Romain Grosjean. Ocon está agora contratado para substituir Hulkenberg na Renault.

“Se eu lhe disse na semana passada que há três pilotos na minha lista e um deles já não está no mercado, você pode facilmente adivinhar quais são as minhas opções agora”, sorriu Steiner em Monza.

Ele acrescentou que espera que em Cingapura se tenha clareza daqui a duas semanas. “Ainda não estamos desesperados”, declarou Steiner. “É uma decisão difícil que leva um pouco mais de tempo do que o normal”.

“Conhecemos Romain muito bem, mas é claro que também notamos o que Nico fez. Temos que estar atentos ao panorama geral e ao desenvolvimento da equipe. O que certamente não vamos fazer é avaliar o Romain em corridas individuais. Conhecemos os seus pontos fortes e ele também sabe no que precisa de trabalhar”, prosseguiu.

“Temos que decidir o que é melhor para a equipe Haas – ficar com o que sabemos, ou arriscar e tentar algo novo”, acrescentou Steiner.

Ele também descartou a alegação de que, após a corrida de 2017, seria um problema unir Magnussen e Hulkenberg na mesma formação. “Se não há rivalidade, então o piloto não tenta tirar o melhor de si mesmo”, concluiu Steiner. “Além disso, o problema é deles, desde que não afete a equipe”.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.