F1 – Haas não culpa Gutierrez pela colisão em Sochi

Esteban Gutierrez e Nico Hulkenberg

Esteban Gutierrez e Nico Hulkenberg

O chefe da equipe Haas, Guenther Steiner se recusa a culpar Esteban Gutierrez pela sua colisão com Nico Hulkenberg na primeira volta do GP da Rússia.

A corrida de Gutierrez acabou na curva 2 em Sochi, quando ele colidiu com o Force India, o obrigando à uma parada mais cedo e depois recebendo um drive-through. O mexicano ainda não marcou nenhum ponto para a equipe americana nessas quatro corridas – todos os 22 pontos foram de Romain Grosjean – mas Steiner pensa que Gutierrez vai aprender com o seu mais recente revés.

“Acho que ele teve algumas circunstâncias infelizes”, disse Steiner. “Na largada ele derrapou um pouco e, em seguida, colidiu com Hulkenberg. O que você pode fazer? Espero que da próxima vez seja melhor”.

Imediatamente após a corrida, Steiner confessou que era difícil estar insatisfeito com o que aconteceu na curva 2, a partir de uma perspectiva de equipe, porque os vários incidentes ajudaram Grosjean a subir na pontuação, terminando oitavo.

Perguntado sobre o que o resultado ensinou à Haas, Steiner respondeu: “Que se você nunca desistir, pode chegar aos pontos. Tivemos um momento difícil na China, tivemos um tempo de aprendizagem no TL1 e TL2, mas, novamente, se fizermos nosso trabalho corretamente – e todos trabalharam duro – então podemos pontuar mais uma vez na maior parte do tempo”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.