F1 – Haas indecisa entre Grosjean e Hulk

Nico Hulkenberg e Romain Grosjean

O chefe da equipe da Haas, Gunther Steiner, disse que está sendo difícil tomar uma “decisão clara” sobre quem entre Grosjean ou Hulkenberg deve ser companheiro de Kevin Magnussen na temporada da F1 de 2020.

Isso significa pelo menos que Magnussen está confirmado na equipe em 2020.

Steiner deixou claro que a equipe agora enfrenta uma escolha direta entre Grosjean e o atual piloto da Renault Hulkenberg, que perdeu seu lugar para Esteban Ocon – outro piloto que estava na lista da Haas.

A decisão havia sido prometida inicialmente em setembro, mas Steiner admitiu que ele e o proprietário da equipe, Gene Haas, estão lutando para chegar a um veredicto.

“Se fosse uma decisão clara, seria fácil tomá-la, concordaríamos imediatamente”, afirmou.

“Não temos certeza do que é melhor, nem ele e nem eu.”

“Ele sempre pode me dizer o que fazer, ele tem esse privilégio porque é o dono da equipe.”

“Ele valoriza minha opinião, por isso discutimos isso apenas para tomar a melhor decisão para a equipe, não para nós.”

“O que temos agora não é ruim, mas podemos melhorar?”

“Qual é o risco de querermos melhorar e não ir na direção certa?”

“Ficamos indo e voltando, mas em algum momento precisamos chegar a uma conclusão.”

Steiner enfatizou que Grosjean não pode ganhar ou perder o lugar com sua performance nas próximas corridas, já que a equipe já sabe o que ele é capaz de fazer.

“É isso que quero enfatizar, não vamos julgar o Romain corrida a corrida”, afirmou.

“Com certeza ele precisa de bons resultados. Com certeza ele sabe o que ajuda e o que não ajuda.”

“É mais para onde queremos ir com a equipe no futuro? Essa é a decisão maior.”

“Conhecemos Romain muito bem. Se ele teve um fim de semana ruim, isso não significa que o próximo não seja fantástico.”

“Precisamos agora tomar uma decisão para a equipe, para onde queremos ir a seguir, o que é melhor? Fique com o que sabemos ou tentemos algo novo?”

“A experiência dele é muito valorizada, mas, como eu disse, é mais uma decisão sobre onde queremos levar a equipe a seguir”.

Steiner disse que a Haas não tem pressa, uma vez que os dois pilotos provavelmente permanecerão disponíveis.

“Não há desespero”, disse ele. “O mercado não está se movimentando muito este ano, não há grandes movimentos em andamento.”

“É muito difícil decidir o que fazer, pois leva um pouco mais de tempo.”

“Não é como ‘ele é bom, ele não é bom?’ Conhecemos Romain muito bem, e posso ver o que Hulkenberg fez, por isso é mais o que se encaixa melhor no esquema maior da equipe daqui para frente do que o resultado corrida a corrida “.

AS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.