F1 – Grosjean: Pilotos deveriam ter mais liberdade com ajuste de pneus

Romain Grosjean

Romain Grosjean quer que a Fórmula 1 elimine as restrições sobre como os pilotos podem ajustar seus pneus.

A fornecedora oficial de pneus da categoria impôs temperaturas máximas mais baixas em cobertores de pneus durante os testes de pré-temporada. Quando perguntado sobre a mudança por RaceFans, Grosjean disse que isso tornou “bastante complicado” para tirar o melhor proveito dos pneus.

Desde que a Pirelli se tornou a fornecedora oficial de pneus da F1, há oito anos, novas restrições foram introduzidas sobre como as equipes podem usar seus pneus. Estas incluem pressões mínimas dos pneus e ângulos máximos de cambagem.

Grosjean quer que a F1 acabe com as restrições. “Eu sinto que devemos ser capazes de fazer o que queremos”, disse ele.

“Escolher nossa pressão de pneu, cambagem, temperatura dos cobertores. Isso é o que eu sinto do passado: na Fórmula Renault, Fórmula 3, GP2, você pode jogar e se ajustar ao seu gosto um pouco mais”.

“Mas as temperaturas do cobertor de 80°C em alguns lugares podem ser complicadas”.

Grosjean, que é um dos diretores da Associação dos Pilotos de Grandes Prêmios (GPDA), diz que espera levantar a questão no GP da Austrália, na próxima semana.

“Não tivemos a chance de encontrar todo mundo do GPDA, mas tenho certeza de que nos reuniremos em Melbourne e discutiremos”.

“Talvez eu seja o único não sendo um grande fã disso. Nesse caso, como eu digo, vou me adaptar e acho que já nos adaptamos muito bem. É só que precisamos reaprender muitas coisas que já tínhamos conquistado”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.