F1 – Grosjean pensou que Webber iria bater nele em 2012

Romain Grosjean e Mark Webber

Romain Grosjean pensou que Mark Webber iria dar um soco nele depois de ter jogado o australiano para fora da pista no GP do Japão de Fórmula 1 em 2012. O francês teve naquele ano sua primeira temporada completa, com a Lotus, mas foi muito críticado por ter se envolvido em vários incidentes.

Grosjean, que estará na Haas em 2016, causou um “strike” na largada do GP da Bélgica daquele ano, ficando inclusive suspenso do GP seguinte na Itália. Mas ele classifica o erro no Japão como o pior de sua carreira: na primeira volta, vindo de quinto no grid, Grosjean forçou uma rodada da Red Bull nos Esses.

“Spa 2012 foi um deles, mas o (momento) mais difícil foi no Japão 2012”, respondeu ele. “Para mim, esse foi o meu maior erro, o único que realmente me atingiu fortemente”.

Webber ficou claramente irritado com Grosjean no rescaldo do confronto, classificando-lhe como o “maluquinho da primeira volta”. O francês se lembra que o australiano chegou a ir aos boxes da Lotus atrás dele.

“Pergunte às meninas, porque ele veio na (área de) hospitalidade e estava gritando. Ele fechou a porta muito forte e fez muito barulho, as meninas ficaram bastante assustadas. Todo mundo pensou que ele ia me dar um soco, mas não o fez! Foi difícil”, relembrou.

“O pior foi ter que chegar ao grid na próxima corrida, sendo tratado da maneira que eu estava sendo e como estava sendo chamado. Era bastante justificado, mas foi difícil. Tive muita coragem para prosseguir, mas eu fiz isso e fiquei mais forte”, concluiu Grosjean.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.