F1 – FIA vai avaliar halo com espessura reduzida

Halo da Mercedes

Halo da Mercedes

A espessura do halo, dispositivo de proteção ao cockpit da Fórmula 1, pode ser reduzida, com a FIA planejando “ver o quanto podemos forçar” o controverso design.

As equipes serão obrigadas a utilizar o halo a partir de 2018, depois que a FIA optou pelo dispositivo ao invés do “escudo” que foi testado em Silverstone no mês passado.

O halo vem sendo criticado principalmente por razões estéticas, mas o diretor de prova Charlie Whiting espera que o visual melhore quando o design for finalizado.

Além das equipes poderem aplicar carenagens aerodinâmicas, a FIA está avaliando uma versão revisada do halo com um pilar central mais estreito com a meta de melhorar a visibilidade frontal.

É provável que a federação peça para as equipes testarem a nova versão até o final desta temporada.

“Atualmente, a estrutura central tem 20mm”, explicou Laurent Mekies, diretor de segurança da FIA. “Sentimos que há margem para uma redução a fim de beneficiar a visibilidade frontal dos pilotos”.

“Portanto, vamos testar antes do próximo ano, chegando a até 16mm, e ver o quanto podemos forçar”.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.