F1 – FIA impõe novas restrições sobre o sopro de gases

Asa traseira da Renault

A FIA está impondo novas restrições sobre modos de motor que ajudam o sopro dos gases de escape para as asas traseiras na Fórmula 1 após recentes intrigas em relação ao assunto.

A asa traseira da Renault esteve em destaque durante os testes de pré-temporada, e há sugestões de que a Ferrari também vem trabalhando nesta área, que foi potencialmente ligada à misteriosa terceira borboleta no volante de Sebastian Vettel.

A FIA interveio antes do GP do Azerbaijão. Em uma nota enviada às equipes por Nikolas Tombazis, chefe técnico dos monopostos da federação, ele disse que está reagindo às “numerosas questões” relacionadas ao sopro de gases.

“Nós não aceitamos modos de motor com o objetivo específico de aumentar o fluxo do escapamento nas curvas”, escreveu Tombazis. “Tais modos de motor podem ser um sistema específico de desvio do compressor-turbina ou um fluxo passando pelos cilindros”.

“Para serem aceitáveis, tais fluxos devem ser resultado de ajustes que genuinamente aumentam a performance ou a confiabilidade da unidade de potência, e não elaborados para aumentar o fluxo de escape”.

A FIA pretende analisar cada caso individualmente. Tombazis acrescentou: “Apesar do ponto acima, nós não sentimos que é prático ou fácil escrever uma regra que alcance este objetivo de maneira perfeita”.

“Para este propósito, pretendemos controlar o uso dos modos de motor em uma base caso a caso e fornecer os requisitos necessários para as equipes ficarem dentro dos limites aceitáveis no que diz respeito ao ponto acima”.

“Isso pode não ser perfeitamente satisfatório, mas nós acreditamos que é o melhor modo possível de lidar com a situação em 2018, principalmente porque os efeitos não são grandes em nenhum caso”.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.