F1 – FIA ajusta aplicação de punições no grid para 2019

Carros no pitlane

A FIA ajustou o modo como as penalizações serão aplicadas no grid da Fórmula 1 a partir de 2019 na tentativa de encorajar os punidos a participar da classificação.

Em 2018, a FIA introduziu uma regra colocando qualquer piloto com mais de 15 posições perdidas devido à unidade de potência no fim do grid.

Quando mais de um piloto era afetado, o posicionamento foi determinado pela ordem na qual a infração foi cometida – em outras palavras, quando os novos elementos foram usados pela primeira vez na pista.

Isso fez com que às vezes os pilotos saíssem da garagem antes do começo do primeiro treino e parassem no final do pitlane com seu motor desligado para assegurar uma colocação à frente de qualquer outro que entrasse na fila atrás deles.

Visando impedir que isso aconteça em 2019, os pilotos penalizados alinharão no grid na ordem em que se classificaram – o que também proporcionará um incentivo para registrarem tempos competitivos na classificação ao invés de fazer uma participação simbólica na Q1.

A FIA também esclareceu que qualquer piloto que ficar fora da regra dos 107% e tiver permissão de largar será colocado no fim do grid de qualquer maneira, atrás de pilotos com punições da unidade de potência.

 

LS - www.autoracing.com.br

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.