F1 – Ferrari não consegue explicar falta de desempenho em Austin

Ferrari

A Ferrari não consegue explicar por que seu ritmo foi tão ruim no GP dos Estados Unidos após não conseguir acompanhar as rivais Mercedes e Red Bull.

“Ainda não”, disse o chefe Mattia Binotto, ao ser questionado se entendeu o desempenho discreto da equipe na corrida de Austin. “É simples assim. Ainda não”.

Charles Leclerc, que chegou em um distante quarto lugar, comentou: “Principalmente no primeiro stint, eu não tenho explicação para isso. Algo parecia realmente errado e nós precisamos analisar e compreender o que era”.

“O segundo e terceiro stints não foram tão ruins quanto o primeiro. Ainda fomos mais lentos que os líderes, mas não tanto quanto no primeiro. Portanto, creio que nós precisamos analisar o que aconteceu no primeiro stint”.

“Eu tive muitos problemas com a frente em algumas curvas, o carro foi bastante inconsistente ao longo de todo o primeiro stint. Mas para ser completamente honesto, eu não tenho respostas sobre o que estava errado. Só havia muito pouca aderência”.

Binotto acrescentou que não há uma explicação óbvia para as saídas de frente significativas que Sebastian Vettel sofreu no stint inicial, mas ele acha possível que tenha ligação com o problema na suspensão traseira que provocou seu abandono.

“Nem sequer está claro se a suspensão estava quebrada desde o começo – pode ter sido o caso”, afirmou Binotto.

“Ele (Vettel) teve a sensação imediata de que havia algo errado com o carro, então nós podemos acreditar que a suspensão estava quebrada. Mas, pelos dados e considerando onde ela eventualmente quebrou, ainda não está claro”.

Vettel não acha que os problemas da Ferrari em Austin foram representativos da verdadeira performance da equipe e espera que isso não se repita nas etapas finais.

“Creio que ficou claro que algo não funcionou”, disse o alemão. “Obviamente, nós não ficamos só um pouco atrás, mas fomos significativamente mais lentos, portanto espero que não seja um problema nas duas últimas corridas. A mentalidade é clara. Nós queremos vencer”.

Leclerc concluiu: “Não há razões para isso continuar, então vamos continuar nos esforçando”.

Clique AQUI para apostar no GP do Brasil

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.