F1 – Ferrari minimiza chance de brigar com a Mercedes em Silverstone

Ferrari

Charles Leclerc acredita que a Ferrari está um pouco atrás da rival Mercedes em ritmo de corrida após a conclusão das sessões de treino de sexta-feira para o GP da Inglaterra.

A Mercedes terminou com 1-2 na segunda sessão de treinos em Silverstone, mas Leclerc emergiu como o adversário mais próximo da equipe, 0s197 atrás de Valtteri Bottas.

Mas Leclerc considera que a imagem é enganadora e que a Ferrari enfrenta um déficit substancial para os líderes. “Esperava que a Mercedes fosse a equipe a ser batida neste fim de semana e eles confirmaram isso, foram muito, muito rápidos em ritmo de corrida”, disse Leclerc.

“Penso que o ritmo de classificação não é assim tão ruim, mas o nosso ritmo de corrida tem sido muito difícil. Tivemos muitas dificuldades com os dois pneus dianteiros, mas o frontal esquerdo estava particularmente morto, então temos que trabalhar nisso”, completou.

O companheiro de equipe Sebastian Vettel, que venceu a corrida em 2018, ficou em quarto. “Bem, foi um pouco difícil, penso que foi de altos e baixos esta tarde, por muitas razões”, declarou ele.

“Tentamos algumas coisas. Por isso, não nos incomodamos tanto com um ou dois tempos de volta em particular. Penso que o panorama geral de hoje, foi bom, muitos saltos para nós, para cima e para baixo, ainda assim a Mercedes parecia muito rápida, por isso vamos ver onde vamos estar amanhã”, prosseguiu.

“Acho que fizemos isso hoje e algumas coisas não funcionaram, por isso temos que escolher agora as cartas certas para amanhã”, concluiu Vettel.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.