F1 – Ex-chefe de motor da Ferrari vai trabalhar com a Aston Martin

Aston Martin

A Aston Martin aumentou os planos para entrar na Fórmula 1 como uma fornecedora de motores a partir de 2021, recrutando o chefe de motores da Ferrari Joerg Ross e começando a trabalhar em seu conceito.

A fabricante britânica, que se tornará o patrocinador título da Red Bull na próxima temporada, está interessada no próximo ciclo de regras do motor da F1, mas quer que os custos sejam significativamente reduzidos.

O presidente e CEO da Aston Martin, Andy Palmer, disse que ficou “encorajado” pela direção dos planos do motor de 2021 que foram apresentados pelos patrões da F1 no mês passado.

Ross, que trabalhou para a Ferrari como chefe dos mecânicos de motor e, em seguida, como chefe do motor de base entre 2004 e 2007, juntou-se a Aston Martin em agosto, mas desde então mudou seu foco para o conceito de F1.

Ele irá se juntar à Luca Marmorini, que ocupou o mesmo papel que Ross na Ferrari durante meados do final da década de 1990, e foi antes contratado pela Aston Martin como consultor. Esse papel já se tornou permanente.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.