F1 – Europa 2012: Alonso obtém vitória espetacular em Valencia

F112-alonso-europa-valencia-sabado615
Fernando Alonso veio do 11º lugar no grid para conquistar uma incrível vitória em casa no GP da Europa em Valencia. Com o resultado, o piloto da Ferrari se tornou o primeiro a repetir vitória na temporada 2012 da Fórmula 1 e também assumiu a liderança do campeonato.

Isso ocorreu em grande parte devido ao abandono de Sebastian Vettel com um problema mecânico em sua Red Bull, após dominar a primeira metade da prova, e de Lewis Hamilton (McLaren), que se envolveu em uma colisão com Pastor Maldonado (Williams) quando eles lutavam pelo terceiro lugar.

Romain Grosjean, da Lotus, parecia ser um candidato à vitória, mas sofreu uma falha no alternador enquanto perseguia Alonso. Porém, seu companheiro de equipe Kimi Raikkonen ficou com o segundo posto depois de ultrapassar Hamilton, cujo incidente com Maldonado então permitiu que Schumacher voltasse ao pódio com a Mercedes em terceiro, seguido por Mark Webber (Red Bull), que havia largado em 19º.

Vettel comandou os estágios iniciais, imediatamente abrindo uma vantagem de vários segundos enquanto o pelotão atrás dele levou várias curvas para se estabilizar. Hamilton não largou bem e precisou se defender antes de se estabelecer em segundo, à frente de Grosjean, Kamui Kobayashi, Maldonado, Raikkonen, Nico Hulkenberg e Alonso.

Durante o trecho inicial, Alonso ultrapassou Hulkenberg e, seguindo Raikkonen, deixou Maldonado para trás. Posteriormente, ele passou o próprio Raikkonen e Kobayashi, ficando uma volta a mais na pista antes de seu primeiro pit-stop. Esse grupo saiu em meio a um longo trem de carros que ainda não haviam parado, e Alonso conseguiu um progresso bem mais rápido do que seus rivais.

Na metade da corrida, Vettel tinha 20s de vantagem sobre Grosjean, que havia ultrapassado Hamilton com uma bela manobra por fora na volta 10 e aberto uma diferença de 10s sobre a McLaren, com Alonso se aproximando.

Quando o safety car entrou a fim de que a pista pudesse ser limpa dos destroços de um toque entre Jean-Eric Vergne (Toro Rosso) e Heikki Kovalainen (Caterham), quase todos os pilotos fizeram suas segundas e últimas paradas. A de Hamilton foi muito lenta, permitindo que Alonso subisse para terceiro, e o espanhol então colocou por fora de Grosjean na primeira curva na relargada para tomar o segundo lugar.

Momentos depois, esse segundo se transformou em primeiro quando a Red Bull de Vettel repentinamente perdeu velocidade e abandonou. Grosjean manteve Alonso sob pressão e ainda parecia ter chances de vencer, mas uma falha no alternador tirou a Lotus da prova a 17 voltas do final.

Assim, Alonso pôde seguir mais tranquilo rumo à bandeirada e se tornou o primeiro vencedor repetido da temporada 2012, retomando também a liderança do campeonato.

Hamilton segurou a segunda posição até as últimas duas voltas, quando seus pneus aparentemente acabaram. Raikkonen ultrapassou após uma longa batalha, mas quando Maldonado tentou fazer o mesmo, os dois colidiram, com a McLaren ficando no muro e a Williams tendo sua asa dianteira quebrada.

Isso permitiu que Schumacher conquistasse seu primeiro pódio em seu retorno à Fórmula 1, à frente de Webber, que conseguiu um ótimo progresso vindo do 19º lugar no grid. Ambos passaram as Force Indias nos momentos finais, com Nico Rosberg colocando sua Mercedes entre Hulkenberg e Paul di Resta para garantir o sexto posto na última volta.

Jenson Button (McLaren) teve uma atuação discreta para chegar em oitavo, à frente de Sergio Perez (Sauber) e Maldonado. A segunda Ferrari de Felipe Massa sofreu danos em uma colisão com Kobayashi e terminou apenas em 16º. Kobayashi foi forçado a abandonar após o incidente.

Classificação da prova:

Pos. Piloto Equipe Tempo
1.  Fernando Alonso Ferrari 1:44:16.649
2.  Kimi Räikkönen Lotus +6.421
3.  Michael Schumacher Mercedes +12.639
4. Mark Webber Red Bull +13.628
5.  Nico Hülkenberg Force India +19.993
6.  Nico Rosberg Mercedes +21.176
7.  Paul di Resta Force India +22.866
8.  Jenson Button McLaren +24.653
9.  Sergio Perez Sauber +27.777
10.  Pastor Maldonado Williams +34.630
11.  Bruno Senna Williams +35.961
12.  Daniel Ricciardo Toro Rosso +37.041
13.  Vitaly Petrov Caterham +1:15.871
14.  Heikki Kovalainen Caterham +1:34.654
15.  Charles Pic Marussia +1:36.551
16.  Felipe Massa Ferrari +1 volta
17.  Pedro de la Rosa HRT +1 volta
18.  Narain Karthikeyan HRT +1 volta
Não completaram
19.  Lewis Hamilton McLaren +2 voltas
20.  Romain Grosjean Lotus +17 voltas
21.  Sebastian Vettel Red Bull +24 voltas
22.  Kamui Kobayashi Sauber +24 voltas
23.  Jean-Eric Vergne Toro Rosso +31 voltas

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.