F1 – Entenda porque a Ferrari SF70H anda tanto

Ferrari SF70H

Ferrari SF70H

Em todos os treinos de pré-temporada até agora – e já foram seis – a Ferrari é sem dúvida o melhor carro em curva. Nenhum outro carro até esse momento mostrou entrar e contornar as curvas tão bem e tão dentro da linha de corrida como o SF70H.

Os sidepods ímpares do SF70H da Ferrari foram objeto de curiosidade de muitos engenheiros no paddock. Até agora nenhum deles tinha alguma pista do porque eles foram moldados dessa forma. Até o poderoso Adrian Newey não conseguia explicar.

Já faz um bom tempo que a Ferrari não apresenta algo radical na F1. Mas dessa vez temos algo! É claro que as novas regras nos deram mais do que uma única coisa para especular, mas nenhuma delas tão emocionante como os sidepods e os elementos de guia de fluxo de ar incorporados nele. Quando todos viram pela primeira vez o carro de frente, as entradas de ar laterais insinuaram algo diferente. As placas de guia de carbono na frente só os tornavam mais estranhos.

Como dissemos na coluna do Adauto em 30 de janeiro deste ano, bargeboards, sidepods e difusores novos, maiores e mais complexos fariam enorme diferença no desempenho do carro. E a Ferrari apresentou sidepods muito engenhosos, talvez geniais, que inclusive ajudam o funcionamento dos bargeboards e do difusor.

F1-vettel-barcelona-2017-primeiro-teste(700)

As primeiras fotos do carro nem sequer revelaram que havia vários elementos nos sidepods. As fotos promocionais da Ferrari fizeram parecer que o sidepod havia sido moldado como uma peça única. Desde os testes da semana passada, fotos melhoradas foram revelando mais do que havia na primeira vez. As imagens incluídas neste artigo mostram-nos que a parte de carbono que pareciam ser sidepods, na verdade não são. É realmente uma estrutura feita para regular o fluxo de ar para dentro do sidepod. Como você pode ver, o sidepod está aproximadamente 30 cm atrás da aba de carbono. O que a visão de frente mostrou, foi que a entrada do sidepod está localizada incomumente no alto.

É claro, agora os rivais descobriram o que a equipe de desenho da Ferrari queria fazer. Sob o olhar de Simone Resta, a equipe italiana encontrou uma lacuna no regulamento. É por isso que a F1 é diferente e fascinante. As lacunas significam que alguém foi mais inteligente do que aquele que inventou a regra.

O novo regulamento para 2017 prometeu carros mais agressivos do que no ano anterior. Para esse efeito, a FIA incorporou regras sobre a forma em V da asa dianteira, a forma como as placas de extremidade da asa traseira devem “fluir” e sob qual ângulo os sidepods deviam estar. O parágrafo 3.8.8 diz que esse ângulo deve ser 75 graus. Estas regras destinam-se a dar aos carros um olhar rápido e agressivo quando visto de cima.

Estas regras privilegiam a estética ao invés do desempenho ideal. De fato, engenheiros aerodinâmicos odeiam essas regras, como todos nós já sabemos. Se fosse com eles, eles teriam ido para um projeto retangular dos sidepods. Um sidepod com um ângulo de 90 graus teria uma relação de fluxo de ar mais suave entre ele e os vários divisores de ar à frente. Além disso, o desempenho geral do fluxo de ar em torno deles seria otimizado de forma geral.

f1-ferrari-SF70H-2017

É aqui que a brecha é explorada. Com a visão de olho de pássaro, fica claro ver como a Ferrari fez seu sidepod real sob um ângulo de 90 graus. O trabalho em carbono na frente (mas ainda incorporado) do sidepod está sob um ângulo de 75 graus, seguindo as regras. Isso permitiu que a Ferrari fizesse seu sidepod menor do que aparecem em outros carros. E dá-lhes mais espaço entre os bargeboards e a entrada de ar real do sidepod. Tudo isso deve ser capaz de gerar um fluxo de ar melhor para eles.

Quanto mais vemos da Ferrari SF70H, mais podemos começar a entender como ela é uma peça verdadeiramente notável de engenharia e muito provavelmente pronta para desafiar os adversários pelas vitórias este ano.

AS - www.autoracing.com.br

Tags
, ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.