F1 – Desvantagem de potência da Renault é passado, diz Ricciardo

Daniel Ricciardo

Daniel Ricciardo diz que o progresso que a Renault conseguiu com seu motor de Fórmula 1 significa que os ganhos aerodinâmicos agora são a maior prioridade.

Nos últimos anos, a Renault enfrentou uma desvantagem de potência notável contra Mercedes e Ferrari, mas os ganhos que ela conseguiu em 2019 reduziram significativamente a diferença.

Ricciardo acredita que o passo à frente ficou claro no GP da Bélgica do último fim de semana, o que o deixa animado para Monza.

“As pessoas podem ver que nós conseguimos um grande progresso em termos de potência neste ano”, declarou ele. “Na semana passada em Spa, nós tivemos um carro bastante veloz nas retas, o que é bom”.

“Certamente, proporciona algum otimismo para cá e eu estou empolgado para correr aqui. É sempre uma pista que aprecio. Não é uma que olhamos e dizemos ‘não será uma boa pista para nós’. Acho que será razoável”.

Ricciardo sabe que a falta de potência da Renault causou muita frustração na Red Bull, mas ele afirma que a equipe de fábrica agora está focada em melhorar seu chassi.

“Em todos os anos na Red Bull, era sempre a unidade de potência. ‘O carro é perfeito, o problema é o motor’. Mas neste ano, sinto que houve uma grande melhoria (do motor) e nós só precisamos melhorar o carro”.

“O maior fator na F1 é a aerodinâmica. Claro, há algumas outras coisas no carro, como a suspensão, que não são perfeitas, mas o foco é a eficiência aerodinâmica e o downforce. Você pode adicionar bastante downforce, mas se for realmente lento nas retas, não faz sentido, ainda tem de funcionar com eficiência”.

“É onde a McLaren fez um bom trabalho neste ano. Eles conseguem produzir o mesmo downforce com menos arrasto, portanto podem manter um pouco mais de velocidade nas retas andando com mais downforce”.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.