F1 – Dennis busca grandes mudanças fora das pistas para a McLaren

McLaren-Honda

Ron Dennis está no processo de fazer grandes mudanças fora da pista que ele espera que deem à McLaren a chance de lutar com as rivais Mercedes e Ferrari.

Apesar de Dennis ter se recusado a divulgar detalhes, o site Autosport relatou que ele vem trabalhando para atrair investimentos adicionais à companhia.

No momento, Dennis – CEO do Grupo de Tecnologia McLaren – tem uma parcela de 25 por cento das ações, junto com Mansour Ojjeh, enquanto o fundo soberano do Bahrain, Mumtalakat, controla os 50 por cento restantes.

Em um esforço para revitalizar o negócio, Dennis teve discussões com potenciais investidores nos últimos meses, principalmente da China.

Ao ser questionado sobre a distribuição atual das ações, Dennis disse: “Sempre houve movimentos acionários na história da McLaren, não há nada particularmente incomum em relação a isso. Como acionistas, nosso objetivo é sempre pensar em crescimento”.

“O processo pelo qual estamos passando no momento diz respeito a como podemos ser maiores, mais fortes, construir a organização para igualar os recursos que alguns dos outros competidores possuem, porque não é fácil correr contra Mercedes ou Ferrari”.

A diversificação do grupo McLaren – incluindo áreas como carros de rua, medicina, finanças, pesquisa e análise – significa que sua equipe de F1 agora representa pouco mais de um terço do negócio. Para levar a equipe de volta às suas glórias do passado, Dennis reconhece que esforços adicionais fora das pistas são necessários.

“O modelo de negócios (da F1) não é atrativo a longo prazo, principalmente porque 110 equipes entraram e saíram desde 1966, e não queremos ser uma delas”, afirmou Dennis.

“A maneira de evitar isso é construir uma base mais ampla que sustente uma equipe de F1, que é uma parte importante do negócio. Há repercussões negativas quando não estamos tendo sucesso, mas faz parte de nossa marca e do nosso negócio”.

“Você pode alcançar o crescimento de duas maneiras em uma companhia privada – pegando o dinheiro que chama de lucro e investindo no futuro. Ou, se quiser progredir mais rapidamente, você precisa encontrar uma estratégia completamente diferente, e minha mente está focada nisso há pelo menos quatro meses”.

“É a razão principal pela qual não compareci aos GPs. Porém, coisas complexas levam tempo, e quando chegarmos lá, se chegarmos, daremos um passo gigante para a McLaren, e ele será compartilhado com vocês”.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.